banner-02
banner-01
previous arrow
next arrow

QUEM SOMOS

Seja bem-vindo a Fênix do Sul!
Somos uma comunidade terapêutica localizada em Viamão, região metropolitana da capital do Estado do Rio Grande do Sul. Atuamos na região desde 2016 e oferecemos um programa de recuperação para pessoas que fazem uso de substâncias psicoativas e álcool, que necessitem de um ambiente protegido e organizado de caráter residencial e transitório. Buscamos promover mudanças comportamentais nos indivíduos e favorecer sua reinserção na sociedade. Para isso contamos com equipe técnica multidisciplinar altamente capacitada, com abordagem individualizada, respeitando as necessidades de cada indivíduo, tratamento 100% humanizado, aliados ao modelo de Comunidades Terapêuticas baseado na convivência dos pares e com auxílio de monitores e demais voluntários. Nosso público-alvo são homens com idade acima de 18 anos.

*Para dúvidas sobre internação de pessoas com limitações consulte-nos.

FALE CONOSCO!

Clique nos botões para ligar ou falar pelo whatsapp.

NOSSO ESPAÇO

NOSSO ESPAÇO

Oferecemos aos nossos acolhidos um ambiente aconchegante e tranquilo
onde eles têm atividades ao ar livre, contato com a natureza, sala de TV, área para
exercícios físicos, churrasqueira, lago e linda área verde.

TRATAMENTO

TRATAMENTO

Referências para nossa abordagem e tratamento

Tratamento, Cuidado e Reinserção Social: abrangendo ações de atenção, cuidado, apoio, ajuda mútua, recuperação, tratamento, proteção, promoção e reinserção social de usuários e dependentes de álcool e outras drogas. Nosso tratamento é baseado num Plano Terapêutico Institucional que prevê um tempo máximo de até 12 meses e passa pelas seguintes fases: Adaptação (0 a 3 meses); Conscientização (3 a 6 meses); Ressocialização e Reinserção Social (6 a 9 meses) e Fortalecimento da Ressocialização e Reinserção Social (9 aos 12 meses).

No entanto, o período de tratamento varia conforme acordo entre a Instituição e o acolhido/cliente, alicerçado na construção, em conjunto, do Plano Individual de Acolhimento (PIA), para atender as demandas específicas de cada caso. A abordagem terapêutica é orientada nos princípios teóricos da Terapia Cognitivo Comportamental e, além do atendimento psicológico individual e/ou grupal, oferecemos as seguintes atividades terapêuticas:

● Recreativas;
● De desenvolvimento da espiritualidade;
● De promoção do autocuidado e da sociabilidade; e
● De capacitação, de promoção da aprendizagem de formação e atividades práticas inclusivas.

Realizamos diversas atividades e oficinas terapêuticas, como: palestras, leituras, dinâmicas, reuniões em grupo, vídeos especializados, atividades físicas, entre outras. Sempre tendo como objetivos intensificar o autoconhecimento e o processo psicoeducativo, visando crescimento pessoal, mudança no estilo de vida e a reinserção social.

Primeira Fase

Primeira Fase

Adaptação

É o momento de adaptação à rotina da CT; retomada de hábitos saudáveis de vida como: sono, disciplina, higiene e alimentação equilibrada; estabelecimento de vínculos de apoio e confiança com a equipe técnica e demais acolhidos; construção do PIA com metas a serem alcançadas. Serão avaliadas a motivação para o engajamento ao programa terapêutico, bem como a participação na laborterapia e oficinas/atividades terapêuticas.

Segunda Fase

Segunda Fase

Conscientização

Nesta etapa, haverá delegação de responsabilidades ao acolhido; desenvolvimento da autonomia e busca pelas metas do acolhimento. A motivação já parte de fontes internas e não mais externas como no começo. Começam a desenhar o projeto de vida e estabilizam-se as relações, principalmente as familiares. Aprofunda-se a convivência com o grupo e a aceitação de si e dos outros bem como o aprendizado de novos comportamentos e aquisição de novos hábitos e habilidades sociais.

Terceira Fase

Terceira Fase

Ressocialização e Reinserção Social

Aqui começa a preparação para o retorno ao convívio social e familiar. São avaliados os conhecimentos adquiridos de ferramentas necessárias à manutenção da abstinência, as capacidades de identificação e manejo das dificuldades de adaptação à nova vida. Desenvolvimento de habilidades sociais; fortalecimento da autonomia; saídas esporádicas da CT; auxiliar na ministração de palestras temáticas; auxiliar na coordenação de grupos; delegação de liderança em algumas atividades no local; perseguição das metas do acolhimento e acréscimo de atividades de ressocialização, são ações previstas para esta fase. Nesta etapa, será avaliada a necessidade de fortalecimento das atividades voltadas à Ressocialização e Reinserção Social e o tratamento poderá ser ampliado por mais 03 meses, totalizando o máximo de 12.

Permitimos que os residentes recebam visitas frequentemente, possam falar regularmente com seus familiares pelo telefone. Também permitimos o uso do cigarro, porém incentivamos a redução ou extinção do consumo.

CONTATO

CONTATO

9 + 13 =

Atendimento 24h

(51) 99293-3694